1887

Governança dos Recursos Hídricos no Brasil

image of Governança dos Recursos Hídricos no Brasil

A água é abundante no Brasil, mas desigualmente distribuída entre as regiões e os usuários. Houve progressos notáveis na reforma do setor desde a Lei Nacional de Recursos Hídricos de 1997, mas as tendências econômicas, climáticas e de urbanização geram ameaças que podem comprometer o crescimento e o desenvolvimento nacional. As consequências são particularmente graves nas regiões onde já existem tensões entre os usuários de água ou onde as tensões existentes tendem a crescer. O relatório é o resultado de um diálogo de política com mais de 100 atores interessados, de diferentes níveis no Brasil. O documento avalia o desempenho da governança da água no Brasil e oferece recomendações para fortalecer a coordenação entre as políticas de recursos hídricos em nível federal e estadual, bem como para a criação de regimes mais robustos de alocação da água, que possam lidar melhor com os riscos futuros. O relatório conclui com um plano de ação, que sugere metas concretas e as instituições mais capacitadas para implementar essas recomendações.

Portuguese English

.

O plano de ação

Este capítulo define um plano de ação sob medida para pôr em prática as recomendações de política sugeridas, mediante marcos referenciais concretos e instituições campeãs claramente identificadas. Está organizado em torno de três dimensões do diálogo de políticas: governança da água, o Pacto Nacional pela Gestão das Águas e a alocação da água. O plano de ação sugere medidas práticas, indicadores potenciais e experiências relevantes da OCDE.

Portuguese English

This is a required field
Please enter a valid email address
Approval was a Success
Invalid data
An Error Occurred
Approval was partially successful, following selected items could not be processed due to error